sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Monografia Podreriana

APRESESENTO-LHES MINHA MONOGRAFIA! MAS DARLING... APRECIE COM MODERAÇÃO, OK?
Luciano Nunes, codinome Podrera, artista de
si mesmo.
 Hoje, numa baita ressaca, pensei por que a grana nunca sobra e refleti sobre otras cositas más!... Acredito cegamente que gasto 90% do meu dinheiro com a bebida e demais delírios. Os outros 10% com toda certeza são do garçom. E se um único cigarro encurta a vida em 2 minutos e uma garrafa de álcool em 4, concluí que um dia de trabalho encurta a vida em 8 horas. Então, acho que vou parar de trabalhar como um... Deixa prá lá! É melhor evitar comparativos. O fator condutor é que já que o horário oficial é o de Brasília o legal seria é trabalhar somente na segunda e na sexta, né? Assim, haveria menos stress e mais complacência com as atrocidades alheias. Ainda mais vivendo numa época em que o Fim do Mundo não é nada perto do Fim do Mês. Por isso e outras é que não há melhor momento do que hoje, para deixar para amanhã o que você não vai fazer NUNCA! Pois, quando Galileu afirmou que o mundo girava, ele só confirmou o que eu, você e nós, amantes do aperitivo, já sabíamos. Quer comprovação maior que essa porra! Somos gênios! E destemidos quando tomamos um porre e nossa bravura é posta a prova ao em chegar em casa bêbado, de madrugada, todo cheio de batom, perfumado de tabaco e ser recebido pela companheira com uma vassoura na mão e ainda ter peito pra perguntar: vai varrer ou vai voar? Mas, nunca se esqueçam! O homem é o único animal que consegue estabelecer uma relação amigável com as vítimas que ele pretende comer. E Sigam mais esse conselho: fortaleça e amplie suas amizades femininas, pois cu de bêbado não tem dono! Resumindo, essas idéias acima não foram roubadas de ninguém. Roubar idéias de uma pessoa é plágio. Roubar de várias é monografia de vida, baby. Vide bula autoria do texto: resultado da soma de diversos ditados populares surrupiados, acoplados, misturados e rodopiados aqui. Aããh?
-- Podrera
blogdopodrera.blogspot.com
Nunca espere demais, da sorte ou dos outros,
no fim não há quem não decepcione você.
Bukowski
Postar um comentário