quarta-feira, 6 de maio de 2015

O azul em movimento & outros sentidos na Revolução eBook

Trecho do ebook:

"Por todos os lados que se quisesse olhar, o vislumbre era único. Tudo eram bocas cheias e fechadas pela mastigação. O mundo se resumiu numa única coisa: vontade de comer! Muito embora, nem sempre essa vontade fosse concretizada. Dormia-se, acordava-se, lia-se e escrevia-se, odiava-se e amava-se somente para comer. Afinal, o que poderia garantir uma sobrevida, uma continuidade, um orgulho incorrigível?

Comiam as paredes de concreto, as árvores dos jardins, as placas comemorativas, os bustos de bronze de mortos ilustres e bigodudos. Numa incessante antropofagia, comiam os homens, as mulheres e os andróginos. Não havia traça ou verme que se comparasse. Devoravam as esquinas, as manequins das vitrines e as vitrines de sobremesa.

Um bom título para narrar a ânsia febril por consumo seria “Nascidos para comer”. Por todos os lados que se quisesse olhar, como num espelho, só se viam olhos vazados de fome e bocas incrivelmente nervosas. Não havia nada que pudesse matar a fome." - Existência estomacal.


Para comprar esse ebook acesse um dos links abaixo:





O Autor:

Lecy Pereira Sousa escreve poemas, contos, crônicas e outras narrativas, participa de projetos literários como o Pão e Poesia em qualquer esquina, em qualquer padaria, publica textos em sites e blogs na Internet, colabora com o jornal Diário de Contagem e tem outros trabalhos publicados como os livros de poemas "Primeirapessoaplural", "Teorias de Guardanapo" e "Trilogia do Poema Bruto".










Postar um comentário