domingo, 5 de junho de 2011

Aleatório

todas as tralhas sobem nas telhas
enquanto nós desmoronamos
gatas malhadas ronronamesa

desconstruir  versus  edifícios
complicadas são sementes
de maçãs no meio da fruta

elabore o som speed
consuma no mundo
no way ficou na placa
à 60 km da speed way

descompromisso com metodismo
feng shui mostra o paraíso
aonde nasce o som som som
libertos das causas ordinárias
usando calças US TOP marinho

nosso evangelho é simples
DO IT e espere pelo SHOCKWAVE


Malas prontas
ouvindo Starman
No metrô da cidade
o mendigo continua rindo
de mim para mim mesmo
eu nunca fui um Coringa
em Gotham City
talvez um pinguim sem rumo
Na Praça da Glória.

Toda aranha quer construir um bioma
Minha biografia não contém sua fobia
Seguimos predestinados rumo à fugacidade

Quantas configurações
Cabem em 24 horas
Tantos quantos pardais
Em ninhos na alta tensão
Dos postes concretoferrosos

Termodinâmicos
Eletroeletrônicos
Geração de consumo sustentável

Musique-se olhando
Para o olho da rua
Tão graves tão agudos
Armazenando eletrofeno
No sótão do IT mundo

Subterfugio-me
Nas entranhas-lâmpadas
Catapulto verbo palavrão

Homens de lua de sol
Com as costas de frente
Pára o mar no atol.
Postar um comentário