domingo, 27 de junho de 2010

Yendis e as palavras corrediças

Yendis Asor Said é um criador literário de Contagem e membro da Academia Contagense de Letras(clique na foto ao lado e veja mais fotos).

Ele escreve, imprime e distribui seus textos em pequenas brochuras (que já passam das milhares). Também aprendeu a encadernar livros com capa dura e tem prensado verdadeiras enciclopédias de seus textos que mesclam poemas, contos, crônicas e letras de músicas.

A série de textos mais divulgados de sua autoria são "A Sociedade Massacrada" onde Yendis "manda bala" nem sempre doce na conjuntura social. Esses textos podem ser lidos em www.jornalregionalcontagem.com.br .

A mim não importa se em palácios ou lotes em construção, se em praças ou salões sombrios, se de manhã, tarde ou noite. Importa é deixar o texto fluir seja in natura ou lapidado com requintes de insatisfação.

A mim não importa a formação, trajetória política ou apolítica, time que torce (no caso, o Yendis torce é para o Paraguai). Importa é o ser e o fazer literário como provocador de reflexão, posto que o texto vai além das exigências estéticas e do chá das cinco, ainda que, segundo meus próprios filtros eu o ignore.

Penso que Yendis é um caso para estudo sério. Não contem comigo. O sujeito é de uma loucura literária admirável.
Postar um comentário