terça-feira, 11 de novembro de 2008

De Fernando Januário : Para Alguém

Para além do senhor Mercado, alguns autores se publicam onde, quando e como podem.

Tenho visto experiências inusitadas como poetas que publicam seus poemas dentro de caixinhas de fósforos e... conseguem comercializar a edição. Seria uma espécie de publicação conceitual, alternativa, margina ou sei lá que outras denominações alguém queira fazer. Há outros que cogitam acerca de publicarem em folhas ressecadas de vegetais.

Seguindo por essa espécie de caminho, Fernando Januário, artista da vida contagense - como ele mesmo se intitula - www.fernandojanuario.blogspot.com - acaba de publicar - novembro de 2008 - seu primeiro livro-conceitual. Consideremos que há carros conceituais, aqueles que nunca são fabricados para não prejudicar os xeiques do petróleo, roupas conceituais, aquelas que são pouco ou nada funcionais nas ruas, além de mesas, cadeiras, camas, relógios e objetos que tais. O livro conceitual seria aquele que o autor publica tal e qual concebe estando ou não o suporte utilizado na cadeia produtiva do mercado.

Para alguém é um trabalho artesanal em tiragem limitada que reúne alguns poemas considerados pelo autor os mais representativos da sua atual fase. Vale lembra que Fernando Januário particips do Projeto Pão e Poesia, eventos culturais e reproduz telas a óleo com temas bucólicos. A quantidade de telas comercializadas pelo artista já ultrapassa a casa da centena, mesmo assim ele jamais realizou uma exposição em Contagem.

Internauta e leitores interessados em adquirir o livro artesanal de poema "Para alguém" (valor R$5,00) podem enviar e-mail para: fernandobracher@hotmail.com
Postar um comentário