sábado, 4 de outubro de 2008

Para quem gosta de ler


From: Luciano Nunes <cartoonunes@yahoo.com.br>
Date: 2008/10/4
Subject: Para quem gosta de ler
To: Podrera <cartoonunes@yahoo.com.br>


Para os amantes da literatura estrangeira,

 

Estou dispondo de um livro Raro do autor Charles Bukowski por R$ 35,00. Quem souber de alguém que se interesse em adquiri-lo, peço a gentileza de comunicar por e-mail. Este mesmo título foi relançado pela L&pm editores no formato pocket com preço popular. O exemplar que estou disponibilizando é para colecionadores ou interessados.

 

DESCRIÇÃO

 

Título: Factotum
Autor: Charles Bukowski
Edição: 1ª edição
Ano: 1985
Páginas: 160
Editora: Brasiliense
Série: Circo de Letras, nº: 27
Classificação categórica: romance – literatura estrangeira

Encadernação: brochura

Descrição sobre o estado físico do livro: semi-conservado; capa com escoriações mínimas, uma assinatura na folha de rosto datada pela antiga proprietária, miolo amarelado devido à ação do tempo, entre as páginas 09 à 35, na parte superior de cada folha, há pequenas manchas de oxidação do papel que não comprometem a leitura. Pela raridade da obra vale apena!

 

SINOPSE

 

Em Factótum, segundo romance de Charles Bukowski, publicado originalmente em 1975, encontramos mais uma vez Henry Chinaski, alter ego do autor, protagonista de vários dos seus livros e um dos mais célebres anti-heróis da literatura americana. Durante a 2ª Guerra Mundial, o loser Henry (que reaparece mais tarde no magnífico Misto-Quente), é considerado "inapto para o serviço militar" e não consegue entrar para o exército. Enquanto os homens alistados para a guerra são vistos como heróis, Chinaski, sem emprego, sem profissão nem perspectivas, cruza o país, arranjando bicos e trampos, fazendo de tudo um pouco (daí o nome do livro, do latim "Pau-pra-toda-obra"), na tentativa de subsistir com subempregos que não se interponham entre ele e seus dois grandes prazeres: escrever e beber.

 

OBS: anexei em formato JPG a capa do exemplar que estou dispondo.





Postar um comentário